Home / Saúde e Bem Estar  / Estética  / Abdominoplastia: a cirurgia plástica da barriga chapada

Abdominoplastia: a cirurgia plástica da barriga chapada

Procedimento remove excesso de gordura, flacidez e some até com estrias

O que é a abdominoplastia?
A abdominoplastia é uma cirurgia plástica realizada para retirar o excesso de pele, gordura localizada e proporcionar a recuperação da firmeza dos músculos da região abdominal, resultando em uma barriga mais lisa e tonificada. Esse procedimento também consegue remover as estrias localizadas na região, pois há a remoção de pele.

Indicações da abdominoplastia
A abdominoplastia não pode ser considerada como um tratamento à obesidade ou uma alternativa para substituir uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos. Candidatos à abdominoplastia devem ser saudáveis e relativamente em forma, tanto mulheres, quanto homens.

Em geral, a abdominoplastia é bastante requisitada por mulheres que tiveram múltiplas gestações, pessoas que geneticamente possuem acumulo de gordura na região da barriga ou quem teve perda substancial de peso. O que esses pacientes têm em comum é o desenvolvimento de flacidez da pele, depósitos de gordura e estrias na região da barriga.

67fb18_82aed270637b4dc99836e2da0fbaf71aComo é feita a abdominoplastia?

O cirurgião plástico vai avaliar o abdômen do paciente, verificando a quantidade e a localização dos acúmulos de gordura. Normalmente, a abdominoplastia requer duas incisões:

– A primeira é horizontal na região logo acima dos pelos pubianos que se estende até próximo dos quadris, levemente curvada para cima. A extensão dessa incisão e a forma variam conforme a quantidade de pele a ser removida.

– A segunda incisão é feita na vertical, finalizando ao redor do umbigo, por onde os excessos de pele da parte superior do abdômen são separados das partes profundas. Nesse momento os músculos abdominais são suturados para que se tornem mais rígidos, o que irá proporcionar uma barriga mais plano e uma cintura mais definida. Essa pele em excesso é esticada para baixo para que seja removida e é feito um orifício para recolocar o umbigo em sua posição de origem.

Após a cirurgia, são colocados drenos de aspiração no abdômen, para evitar o acúmulo de líquidos na região abdominal. Esses drenos são inseridos na parte inferior da barriga, próximo ao púbis, permitindo que a cicatriz seja disfarçada entre os pelos pubianos. O paciente pode ser liberado para casa com os drenos, que são de simples manuseio. Os drenos só causam dor no momento da retirada, que pode ser feita na clínica do cirurgião. Feito isso, as incisões da cirurgia poderão ser completamente fechadas, resultando em uma única sutura na linha da região púbica e uma dentro do umbigo, e são colocados os curativos e bandagens.

abdominoplastiaContraindicações da abdominoplastia

A abdominoplastia não é recomendada nos casos em que sejam previstos gestações futuras ou cenários de grandes ou ganhos de peso após a cirurgia plástica. A presença de cicatrizes de cirurgias anteriores, até mesmo uma cesárea, também pode reduzir a eficácia da abdominoplastia.

Há casos que precisam ser avaliados individualmente pelo cirurgião plástico, como exemplo: pessoas que tenham realizado cirurgias anteriores e tenham cicatrizes na região abdominal, pessoas com alguns tipos de doença do colágeno e alguns tipos de fumantes. Dependendo da cicatriz que já existe, ela até pode impossibilitar a realização da abdominoplastia. Nesse sentido, é muito importante a transparência durante a consulta com o cirurgião plástico com relação à todos os detalhes que forem perguntados pelo médico. “A relação de confiança e honestidade entre paciente e cirurgião plástico é essencial para bons resultados”.

Antes e depois da abdominoplastia
Logo após a realização da abdominoplastia, o paciente já consegue notar os novos contornos. É normal que haja inchaço nesse período, portanto, são tomados todos os cuidados necessários para uma recuperação tranquila, sem complicações. O resultado definitivo, em que o paciente já apresenta a completa cicatrização, chamada de fase de involução, acontece entre oitavo e décimo segundo mês após a abdominoplastia.

Tratamentos coadjuvantes da abdominoplastia
Conforme a indicação médica, alguns dias após a abdominoplastia é recomendado fazer sessões de drenagem linfática, respeitando seu processo de cicatrização, sem machucar ou oferecer riscos ao paciente. Para todas as cirurgias plásticas, a drenagem linfática pós-operatória auxilia bastante na cicatrização e na recuperação saudável.

abdominoplastia-antes-e-depois-1E você? Sonha em fazer sua abdominoplastia? Saiba que o primeiro passo é procurar um bom profissional, e se desejares, entra em contato com o Dr. Leonardo Brito, ele atende todos os meses aqui em Santa Cruz do Capibaribe e é um médico conceituado, com histórico crescente de pacientes satisfeitos.


Dr. Leonardo Brito (Cirurgião Plástico) CRM/PE 13771 RQE: 1.823

Clínica Master Vida

Rua: Major Negrinho, 186 – Bairro Novo

Fone: 81-3731.3270

Santa Cruz do Capibaribe-PE

Av.: Agamenon Magalhães, 4575

Empresarial Nassau, Sala 203

Fone: 81-3221.0172

Recife-PE

2 Comentários
  • Cris 18 de setembro de 2016

    Minha esposa realizou uma abdominoplastia a cerca de 5 meses, ficou linda, mas perdeu muita sensibilidade na vagina e o sexo não é mais como antes… Isso é normal? Vai passar?

  • Mayara 25 de setembro de 2017

    Boa tarde. Fiz uma abdominoplastia a 6 dias.. sendo que quando deito fico com 3 dobras na cintura e os pontos estão dobrados e enrugados na cintura. O que será isso? Depois que tira os pontos a pele estica? Será que é inchaço?

Comentário do Post